quarta-feira, julho 20, 2011

demonstração

deixa que minha manha
não arruine a espanha
baixa a caetana grandeza
e amanhã a torpeza
deixa de manha, deixo de manha

toda manhã
que minha noite vileza me leva pra istambul

berro, pago o preço, te chamo de mamãe
viro a cara e fujo correndo pra timbuktu

me avexo, me assanho, me perco sem ganho
tenho mil vontades de ir pra katmandu

quando minha manha tamanha
me faz e te faz sem pensar tomar no cu

.